Crer implanta Marcadores Mensuráveis de Reabilitação à beira leito

Aliando comunicação efetiva e inovação à assistência ofertada aos pacientes, o Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo – Crer, uma unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, implantou um método de mensuração da evolução funcional do paciente internado, os Marcadores de Reabilitação.

Composto pelos marcadores mover, alimentar e participar, o método foi implantado na instituição no dia 1° de agosto, a partir da análise estratégica e adaptação de escalas reconhecidas pela ciência e praticadas internacionalmente em outras unidades de saúde.

Inicialmente, a metodologia foi implantada em 20 leitos de internação, sendo dez deles clínicos e dez de Terapia Intensiva. A partir desse projeto piloto, os Marcadores serão implementados em todos os leitos de internação do hospital.

Segundo o supervisor de Reabilitação Multiprofissional do Crer, Eduardo Martins Carneiro, a implantação dos Marcadores de Reabilitação à beira leito  corroboram com o compromisso da instituição em promover melhoria contínua com o objetivo de ofertar assistência humanizada, segura e de qualidade aos usuários.

“Os ganhos são palpáveis, como por exemplo a criação de barreiras para eventos adversos como queda e broncoaspiração. Além disso, com a implantação dos Marcadores, conseguimos envolver e cadenciar toda a equipe de profissionais responsável pelo tratamento do paciente, além do próprio paciente e seu cuidador. É o fortalecimento da comunicação efetiva e da cultura de mitigação de riscos na nossa assistência”.

Marcadores Mensuráveis de Reabilitação
Fixados à beira do leito do paciente, os marcadores de mensuração funcional são divididos em três escalas.

Mover, que traz informações quanto às posturas funcionais mais altas que o paciente realiza, desde sentar no leito, ficar de pé até a realização da marcha com foco na mobilização precoce.

Alimentar, que sinaliza se o paciente está com dieta oral proibida, qual a consistência de alimento liberada e se o paciente é indicado para dieta livre. O marcador é uma importante barreira para o risco de broncoaspiração. 

Participar refere-se às Atividades de Vida Diária (AVD’s) que o paciente pratica e quais as atividades alternativas, como banho de sol, são recomendadas a ele. A escala também atua como importante barreira para mitigar os riscos de queda.  

Os marcadores são atualizados segundo a evolução do paciente e os objetivos traçados pela equipe multidisciplinar no Projeto Terapêutico Singular (PTS).

Compartilhe:

Deixe uma resposta

Contato
AGIR AGIR
Fone: (62) 3995-5406
Av. Olinda com Av. PL3, Qd. H4 Lt 1,2,3 Ed. Lozandes Corporate Design, Torre Business, 20° Andar, Parque Lozandes.
Goiânia - Goiás
CEP: 74884-120
agir@agirgo.org.br
CRER CRER
Fone: (62) 3232-3232 / 3232-3000
Av. Vereador José Monteiro, 1655, St Negrão de Lima.
Goiânia - Goiás
CEP: 74653-230
crer@crer.org.br
HDS HDS
Fone: (62) 3717-0101
GO 403, Km 08, Colônia Santa Marta.
Goiânia - Goiás
CEP: 74735-600
consultas@hds.org.br
HUGOL HUGOL
Fone: (62) 3270-6300
Av. Anhanguera, 14527 - St. Santos Dumont.
Goiânia - Goiás
CEP: 74463-350
hugol@hugol.org.br
HCAMP HCAMP
Fone: (62) 3602-0735
Av. Bela Vista, 2.333 - Parque Acalanto.
Goiânia - Goiás
CEP: 74863-025
seger.hcamp@agirsaude.org.br
HCN HUGOL
Fone: (62) 3270-6300
Galdino Moreira de Souza, nº 1230
Residencial Jardim Eldorado
Uruaçu - Goiás
CEP: 76400 - 000
hcn@hcn.org.br

Sigam nossas redes sociais

Fechar Menu